• Giovanna Santos

Carta de Crédito

Já ouviu falar no termo Carta de Crédito?

Reprodução: LuME

Para poder ter uma carta de crédito é preciso participar de um consórcio.


A carta de crédito consiste em um título financeiro entregue a um consorciado, quando este é contemplado pelo sorteio do consórcio em que participa. Ou seja, a carta de crédito serve para que o consorciado faça a aquisição do produto que ele estava interessado em adquirir, quando entrou no consórcio.


Aqueles que têm o grande sonho de ter sua casa própria, por exemplo, certamente consideram o consórcio como uma forma bastante interessante e acessível para conquistar esse objetivo.


COMO FUNCIONA UM CONSÓRCIO?

Um consórcio consiste em um grupo de pessoas interessadas na compra de um bem, sem que haja, necessariamente, urgência nessa aquisição.


Mensalmente, um sorteio contempla um ou mais membros desse grupo, e os contemplados, dessa forma, recebem a carta de crédito para a compra, à vista, do bem.


Enquanto os membros não são contemplados por sorteio, podem oferecer lances, que giram em média acima de 45% do valor da carta, na intenção de serem contemplados, assim, o maior lance, ganha a carta de crédito.



QUAIS SÃO AS VANTAGENS DA CARTA DE CRÉDITO?


  • Segurança

Apenas o solicitante do consórcio pode usar a carta de crédito, no entanto, é possível vender sua carta, já contemplada ou não, a um terceiro interessado, caso seus planos tenham mudado ao longo do tempo.


  • Impostos e taxas

De maneira geral, o percentual de taxas, correções e impostos sobre cartas de créditos são muito menores do que em um financiamento bancário, por exemplo.


  • Facilidade no poder de negociação

A carta, já contemplada, facilita seu poder de negociação na hora da compra, pois pode ser utilizada de forma muito semelhante a do pagamento à vista.




Gostou de aprender mais sobre esse assunto? Clique aqui e saiba mais sobre outros assuntos do Mercado Imobiliário.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo